Textos

Melô da caidinha
Dodóizinho meu
tá doendo aqui fora!  
E o joelho que caiu
raspou a casquinha!
E agora o merthiolate vai arder..
-" Ui! Ui!"
Eu quero andar,
e não vou conseguir!
Então vou ficar deitadinha,
Como uma abobrinha quando nasce ..
Esparramada pelo chão..
E cantando a canção da menina quando nasce
Que podia ter nascido um corpo  dentro da órbita!

Final 2

Que podia ter nascido
um pássaro fora da gaiola!
........

É poesia

Bem-vinda!
Princesa da lobotomia
Que invade a alma
Revira a monotonia!

Colombina poeta
Cansada da mata escura
Até pintou violeta
Embaixo da meia-lua




Vera Mascarenhas
Enviado por Vera Mascarenhas em 22/05/2022
Alterado em 22/05/2022
Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários