Textos

Gato
Um gato em cima do telhado
Exposto entre o rabo e a orelha
E a telha, que era vermelha,
Fez dele seu molho de recado!

Que gato que  anda avoado
Não tem perdão  para voar

E a telha a se rasgar,
Nem que o gato nadasse,
Na terra de onde olhava
Seu sangue pro alto orava
Ao passarinho, que parado no ninho bicava
O que as aves sabem perguntar
Piu

E bem te viu o que nenhum gato pode ser socorrido, quando sobe num telhado, confiado na presa que vive em nós..
Vera Mascarenhas
Enviado por Vera Mascarenhas em 17/04/2022
Alterado em 26/04/2022
Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários